Conheça também nossas redes sociais: icon facebook icon twitter icon flickr 

O objetivo desse trabalho foi avaliar a atividade antiulcerogênica, das frações ricas em flavonóides, das espécies Indigofera truxillensis e Indigofera suffruticosa investigando os possíveis mecanismos de ação envolvidos com essa atividade. As frações aquosa (fAq) e acetato de etila (fAc) foram preparadas à partir do extrato metanólico (EMeOH) de ambas as espécies.
Publicado em Trabalhos Acadêmicos
Kielmeyera coriacea Mart & Zucc (Clusiacea), conhecida popularmente como PauSanto (Alves e caL, 2000), foi uma das espécies do Cerrado que apresentou atividade antiproliferativa significativa em ensaios preliminares, sendo então selecionada para este estudo. Este trabalho teve como objetivo avaliar a atividade anticâncer, isolar e identificar os princípios ativos desta espécie.
Publicado em Trabalhos Acadêmicos
A espécie Qualea grandiflora Mart é amplamente encontrada pelo cerrado brasileiro, sendo considerada um símbolo desta região. A população local utiliza as suas folhas para combater diarréias com sangue, cólicas intestinais e amebas, mas não há estudos relaáonados, e pouco se sabe sobre esta importante espécie. O estudo investigou as atividades farmacológicas do extrato bruto hidroalcoólico (EB) e das frações obtidas das folhas da espécie empregando diferentes modelos experimentais em camundongos.
Publicado em Trabalhos Acadêmicos
O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia de cremes à base de tintura de Casearia sylvestris (Cs) a 10% (medicamento fitoterápico) e da Cs dinamizada em 3DH (medicamento homeopático) no tratamento de lesões herpéticas, comparando-os com creme de Penciclovir a 1% (Penvirlabia® - Sigma Lab.)
Publicado em Trabalhos Acadêmicos
A Tumera ulmifolia L. pertence à família Turneraceae e é popularmente conhecida como chanana. É um subarbusto de flores amareladas, comum no nordeste do Brasil. Devido ao seu uso popular em distúrbios inflamatórios, foram estudadas as propriedades antiinflamatórias do extrato hidroalcoólico bruto (EHB) e de sua fração ativa (Fr.EtOH) em modelos de inflamação, com o objetivo de fornecer subsídios para seu uso tradicional
Publicado em Trabalhos Acadêmicos
Os objetivos deste trabalho foram: (1) avaliar a atividade antitumoral de extratos brutos obtidos desta espécie vegetal em modelo "in vitro" de cultura de células tumorais humanas; (2) determinar as frações ativas farmacologicamente nos modelos de cultura de células tumorais humanas e isolar e caracterizar quimicamente o(s) princípio(s) ativo(s) responsável(eis) por esta atividade; (3) avaliar a correlação entre o mecanismo responsável pela atividade antitumoral do princípio ativo isolado de Gaylussacia brasiliensis (Spreng.) Meisn.
Publicado em Trabalhos Acadêmicos
Foi realizado um estudo do tipo caso-controle de base hospitalar com o objetivo de identificar os potenciais riscos relacionados ao uso indiscriminado de plantas medicinais e/ou seus derivados por mulheres em fase gestacional e suas conseqüências em um hospital público materno infantil no município de Imperatriz- Maranhão.
Publicado em Trabalhos Acadêmicos
Este trabalho descreve os resultados obtidos em um levantamento realizado com 262 estudantes dos cursos de Farmácia e Biologia, de várias partes do Brasil, sobre o tema Plantas Medicinais e Fitoterapia.
Publicado em Artigos
O objetivo deste trabalho foi promover o resgate do conhecimento sobre plantas utilizadas na medicina popular no Município de Cujubim-RO, a partir de um levantamento etnobotânico. Foram realizadas entrevistas acerca do modo de uso, dose preconizada, parte do vegetal utilizada, seu modo de preparo e indicação terapêutica, além de coleta e identificação taxonômica das plantas. Foram obtidas 540 citações de utilização das plantas, sendo identificados mais de 50 tipos de doenças.
Publicado em Artigos
No Brasil, o uso de plantas com poderes medicinais é uma tradição que tem suas origens na cultura indígena. Por centenas de anos, estas plantas foram utilizadas para tratar doenças e amenizar dores e incômodos e, nos dias atuais, as plantas medicinais ocupam lugar de destaque como alternativa terapêutica viável, além de uso em cosméticos, etc.
Publicado em Artigos